sexta-feira, 18 de março de 2011

Classificados

Eu quero aquela casa alí, de muro-baixo por sem medo e casal sorridente dentro. Eu quero ser aquela mulher, aquela alí, que preparou o café-da-manhã com cusuz vitamilho e margarina delícia e beijou os filhos e alimentou o cachorro e as promessas num ouvido de homem para logo mais à noite.
Eu quero um regador azul e um jambeiro com uma corda amarrada que sirva de balanço e não de forca.
Eu quero o simples. Mas eu não sou.

8 comentários:

Caso me esqueçam disse...

eeeeee... eh por isso que luci volta aqui a cada post. e volta e volta e volta. gosto de gente de propaganda de cuscuz nao :(

Borboletas nos Olhos disse...

Eu sou o/...mas ninguém mais é. :-(

Claro que essa dona de casa do muro baixo, três vezes na semana é "A Bela da Tarde", não te contei?

Leonardo Xavier disse...

S., e quem consegue ser ?

Marcantonio disse...

Hum, essa casa deve ficar em Mangabeira ou no bairro dos Estados, ou no Jaguaribe. Brincadeira. Até no Altiplano deve haver alguma assim. Rs.

Bem, dada a crescente demanda por complexidade, creio que o anúncio surtirá efeito, por paradoxal que pareça.

Mas depois de vir queimando pestanas sobre equações espirituais, eu me pergunto: como sabemos que aquilo é a representação do simples. Melhor, como sabemos que somos não-simples? Deve haver alguma razão para que a forca e o balanço se prendam ao mesmo galho.

Estou sempre com a lembrança aqui no quengo daquele poeta taoista chinês que largou uma promissora carreira de burocrata para voltar correndo para sua casinha na roça e passar o resto da vida junto da família, bebendo com os amigos, plantando e compondo poemas sobre a natureza. Complexo esse cara. Famoso por um poema: "Voltando para Casa".

Nossa, nem acredito que escrevi tanto às 2:30 da manhã e fui de JP à China antiga. E bem sei que essa janelinha aqui não é lixeira.

Em suma: cuscuz não é simples, mas qualy é mais saborosa que delícia ou manteiga de garrafa. Ah, São Brás! Que porra de saudade complexa...

Beijo.

Menina no Sotão disse...

De verdade, eu penso que ninguém de fato é assim. rs
bacio

Belos e Malvados disse...

Isso me parece simulação da vida perfeita. Mas quer saber? Nunca foi.

Rafa disse...

Simples existe?



Bj

Marcos Campos disse...

Adorei o texto ! Somos simples e complexos ao mesmo tempo, nas pequenas e nas grandes coisas...gostei daqui...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...