quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Sabotagem

Eu juro que eu trabalhei. Tirei as quinhentas e tantas fotos no bloco/passeata do tal candidato. Mas tinha também amigas e cerveja. Muito de ambas. Então fiquei bêbada. Óbvio.
Fui dormir com J. e acordei ao lado da outra S. e do menino dela que estavam lá em casa. Não, eu não transei com os dois, mas no meio da noite ao voltar do banheiro, eu acostumada a dormir vez ou outra na cama da amiga-esposa quando ela estava na Itália, me encaminhei para lá no piloto automático. Nua.
J. obviamente estava puto da vida, fumando com cara de mau quando voltei para meu lugar de fato. Tentei apelar para teorias Freudianas, blábláblás sobre uma tentativa inconsciente de sabotar nossa recém-iniciada relação. Mas não teve jeito. Só o bom e velho sexo matinal resolveu a questão.

7 comentários:

Borboletas nos Olhos disse...

Ah, o bom e velho...beleza!

Leonardo Xavier disse...

Sinceramente, eu fiquei imaginando a cara da outra S. e do sujeito. Deve ter sido meio: Que porra é essa?!!!??

Ricardo Chicuta. disse...

Tá namorando,tá namorando :)

Ricardo Chicuta. disse...

Esse foi um oferecimento dos "Comentários inteligentes do Chicuta"

Caso me esqueçam disse...

hahaha alcool eh uma bosta. quer dizer...

meus instantes e momentos disse...

que bom teu blog.
Gostei daqui.
Maurizio

Céu disse...

Nada como um bom e velho sexo matinal....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...