terça-feira, 14 de setembro de 2010

E mais.

Nada mais sintomático. Perder a voz.

Hoje acordei com o inferno barulhento dos pedreiros martelando a parede logo atrás da minha cama. Não consegui ir trabalhar. Saí de casa zonza, depois de um café mal-tomado e fui me refugiar na casa da amiga-mestra. Peguei com ela meus anti-depressivos, chorei muito e dormi o sono dos finalmente abrigados depois de uma enchente.

Sei que estou fazendo drama. Nada foi tão sério. Nada é. Quando você já chegou a perder quase tudo como eu, o que vier depois é lucro. Mesmo que ainda perdas. Sempre serão menores. Sempre vai doer menos.

E tudo nem eu mesma consigo me tomar. Porque há demais em mim. Eu não sou só isso, nem só aquela, nem essa. Sou muito. E mais.

Sim, eu vou continuar gritando.

2 comentários:

Leonardo Xavier disse...

S., nada de jogar ovos nos pedreiros e melhoras. No fim das contas tudo aquilo que não te destrói vai acabar te fortalecendo.

beijos e se cuida

Borboletas nos Olhos disse...

Já sou rouca por natureza. Deve ser um sinal, né? E tudo passa a doer menos. Eu só não sei quando. Bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...