terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Orgulho e amor

E de repente é como se uma mudança gigantesca houvesse ocorrido sem nenhum aviso.

Claro que as coisas aqui em casa não andavam muito bem e as discussões com minha mãe eram cada vez mais constantes. Isso estava me fazendo passar cada vez mais tempo longe, na casa dos amigos. E me feito precisar deles.

Mas foi apenas hoje, que aconteceu. Não sei definir o que desencadeou essa vontade de acordar cedo, fazer minhas contas (e tomar um susto), lavar as louças, fazer meu próprio café, planejar um futuro e uma vida mais leves, limpos. Mais amenos, talvez.

Juro que pensei até em caminhar, mas a chuvinha que está caindo acabou com meus planos.

Sei que fez parte reconhecer que digo sim demais, que gasto o que não tenho, que aceito qualquer coisa ou comportamento dos outros por alguma atenção. Ou resquício de amor.

O dia foi comum. Praia com a amiga-mestra que passou aqui demonstrando vontade de estar ao meu lado com essa atitude. Volta para casa e vontades de dormir cedo. J. ligou várias vezes e tomei a coragem de dizer não, não quero que você me ligue mais. Talvez tenha sido isso. Eu consegui, de alguma forma, bloquear o acesso irrestrito dos outros a mim. E porra, eu confesso, estou orgulhosa.

Matei meu orkut, bloqueei pessoas no MSN e exclui “amigos” no facebook, coloquei números no celular em modo de filtragem, deletei vários outros. Aproveitei e mandei um e-mail cobrando uma grana que me devem. Coisas simples, eu sei. Mas espero que seja um começo. Ou um fim.

2 comentários:

Rafa disse...

Nossa... "Sei que fez parte reconhecer que digo sim demais... que aceito qualquer coisa ou comportamento dos outros por alguma atenção. Ou resquício de amor."

Identificação mode on...

Seja começo ou fim que bom que vc fez.

Bj

Lila disse...

Cada dia que volto a esse blog me deparo um uma mulher mais forte e corajosa. Parabéns.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...