terça-feira, 24 de agosto de 2010

Para a Borboleta



E como assim, você é tão linda... e tão amada... e tão amiga.

Tens que ser musa.

Tens...

Então, para você que é PB e mesmo assim, tão, tão completamente colorida, amiga... Finja que foi escrito para você. Por mim. Por todos que a conhecem. Pelos que deveriam.

“Sonhar em Casablanca e se perder no labirinto de outra história...”

Porque os filmes nunca serão demais, baby.

Amo-te. Saibas.

2 comentários:

Borboletas nos Olhos disse...

E parto pro trabalho de olhos inchados de chorar de ser assim querida. O amor é recíproco, você já sabe e já faz tempo. E, a música é, apropriadamente, também de um cearense: Fausto Nilo. Nunca me pensei musa mas realmente espero, vez em quando, "chegar a um final feliz, na tela prateada da ilusão". Beijos e bora simbora começar a arrumar a mala...

Danielle Martins disse...

Texto lindo e merecidíssimo! Quem tem uma borboleta na vida jámais será a mesma! Mais um voo, dessa vez menos discreto! rsrs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...