domingo, 15 de agosto de 2010

Dia do solteiro

Ser solteira é poder usar más
caras que vão te deixar horrorosa (para logo depois ficar linda) sem ninguém para te chamar de satã e fazer o sinal da cruz.

Eu tinha postado alguns textos que serviriam como uma espécie de prévia para comemoração do dia do solteiro, que é hoje. Prometi que eles seriam diários e não cumpri já que me deu preguiça e tal e coisa e coisa e tal.

Mas enfim, eis que o dia chegou e eu estava pensando a respeito enquanto cedia ao pecado da vaidade na frente do espelho com uma pinça e olhos cheio de lágrimas.

Dizem que as pessoas casadas vivem mais. Eu acredito. Mas não tão intensamente.

Não sou a favor de libelos, e com certeza não faria questão de abrir mão da liberdade que tenho hoje em prol de uma relação bacana. Não faço da solteirice uma bandeira, mas que ela é muito divertida... ah... isso é.

Sinto isso quando saio às três da manhã e vou na conveniência comprar cigarros e um vinho sem dar satisfações à ninguém. Quando me dou ao direito de ler até tarde ou escutar músicas que só eu gosto no último volume. Quando escolho a saia mais curta, a bebida mais forte, o caminho mais longo e o beijo mais demorado.

Claro que tem medo e carência e por vezes eu trocaria meu reino por um cafuné, mas independente disso, sim, hoje eu tenho muito o que comemorar. Vamos nessa?

7 comentários:

Leonardo Xavier disse...

Eu acho que é melhor ser solteiro do que estar num relacionamento ruim. No entanto, cada vez mais eu tenho a impressão que o ser humano não nasceu para ser só.

Mônica Wesley disse...

uhauhuha Concordo!
Masss, o problema parece ser que com o tempo a carência só aumenta...

Gostei muito do blog.

=*

Céu disse...

É essa minha obsessão pela liberdade que me impede de qualquer relacionamento. Mas, convenhamos, antes só do que mal acompanhada, sempre!

Bjos

Rafa disse...

Existe um dia do solteiro??? Bj (Não posso, no momento, discorrer sobre solteirice)

Angélica disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Angélica disse...

Eu dava meu corpo de graça pra .. deixa eu ver.. pra .. sei la.. praquele mendigo que mora na nossa rua pra estar com voces em Canoa. Seriao!

Saudade!

Borboletas nos Olhos disse...

Angélica, tenho certeza que S. é de total acordo, assim que voce voltar por essas bandas, marcamos uma outra incursão ao País das Maravilhas, ops, Canoa.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...