sexta-feira, 18 de junho de 2010

Por quem?

A esposa (para os récem-chegados, esposa=amiga que mora comigo) está indo passar dois meses na Itália dia 26. Como tudo nesta vida merece ser celebrado, já iniciamos o processo de festas (no plural) de despedida. A primeira foi ontem, na casa de um amigo amado. Ele organizou um jantar e fomos serelepes e cheias de rímel apreciar o efeito benéfico que boas risadas e excelentes companhias fazem para a pele. Mal estou na segunda dose de vodka e o celular toca. Era o amigo do menino abusado. Fui fria e disse que não, não queria que ele e seu amiguinho fossem nos encontrar.
O negócio é que há alguns dias o menino abusado em um surto de insanidade tinha me ligado e me acusado, entre outras coisas, de ter acabado com a vida dele ao ficar com seu amigo. Ora, eu não sou tão louca a ponto de não lembrar que o palhaço em questão tinha me informado da sua intenção em voltar para a namoradinha. E também lembro que não devo satisfações para o sujeito, ora bolas. Fui educada e fina e cheia de classe, uma verdadeira dama, mas resolvi que o negócio tava ficando complicado demais, e que os dois que eram brancos que se entendessem que eu tinha mais o que fazer.
O negócio é que eu sou um perigo com um celular nas mãos depois das três da manhã ou da sexta dose (o que vier primeiro) e hoje me deparei com uma série de ligações feitas por minha pessoa entre cinco e seis da manhã para ambos os imbecis. Ligações de muitos, muitos minutos. Sensação esquisita. Frio na barriga. Quando me dei conta do era aquilo além da óbvia ressaca, fiquei em choque.
Fudeu, mas fudeu mesmo, eu acho que estou apaixonada. Por quem mesmo?
Como desgraça pouca é bobagem, e o inferno é cheio de cão, os dois estão vindo para cá agora ver filme.
E não, não faz parte do meu repertório de fantasias eróticas dois homens na minha cama. Ou na minha vida.

2 comentários:

Caminhante disse...

"Ele organizou um jantar e fomos serelepes e cheias de rímel apreciar o efeito benéfico que boas risadas e excelentes companhias fazem para a pele." - EXCELENTE

Borboletas nos Olhos disse...

Eu ia elogiar o preciso uso da palavras serelepe, mas Caminhante já o fez. Então, ressalto que celular é sempre um perigo, mas depois das três da manhã é nitroglicerina...Bjs e boa sorte

PS - inveja de dois meses na Itália

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...